fbpx

Como funcionam as assembleias do consórcio?

Consorciada em vídeo chamada participando de uma assembleia de consórcio online, presente no texto do blog da Bazar do Consórcio.

Você sabe o que acontece durante a assembleia de um consórcio? Este é um momento bastante importante que um consorciado precisa conhecer bem.

Afinal, é durante a assembleia que a administradora reúne os participantes do grupo para:

  • Realizar os sorteios das cartas de crédito;
  • Divulgar os lances previamente ofertados;
  • Apresentar a prestação de contas.

Existem dois tipos: a Assembleia Geral Ordinária e a Assembleia Geral Extraordinária.

Saiba agora o que é e como funcionam as assembleias do seu consórcio.

Entenda a importância desses encontros.

O que é são as assembleias do consórcio?

A assembleia do consórcio é um encontro promovido pela administradora. Ele tem como objetivo reunir os participantes de um grupo para tratar de questões importantes para o seu andamento.

Este é um momento bastante significativo, pois durante esses eventos acontecem os sorteios para a contemplação das cotas. Além disso, todo o processo de oferecimento dos lances ocorre durante as assembleias.

É importante destacar também que a assembleia de um consórcio pode ser realizada presencialmente ou em ambiente virtual.

De modo que a realização das assembleias é obrigatória, conforme determina o Banco Central, entidade que regulamenta a atividade dos consórcios no Brasil.

A periodicidade mais comum para a realização desses encontros é mensal. Contudo, é possível encontrar tipos de consórcios que realizam assembleias trimestrais e até semestrais.

Como funcionam as assembleias do consórcio?

A primeira assembleia de um consórcio é realizada quando o grupo passa a ter uma quantidade mínima de participantes.

É na primeira Assembleia Geral Ordinária que o grupo de consórcio é oficialmente constituído e são realizados procedimentos como:

  • Comprovação da viabilidade econômico-financeira;
  • Eleição dos representantes: que serão os responsáveis por acompanhar a regularidade da gestão dos assuntos administrativos.

De modo geral, durante as assembleias do consórcio os membros podem acompanhar:

  • O sorteio de contemplação;
  • Os lances apresentados para acelerar as chances de acesso à carta de crédito;
  • Os detalhes da prestação de contas do grupo como valores arrecadados, rendimento de aplicações financeiras, número de pessoas contempladas e a serem contempladas, entre outras informações.

Também é durante a assembleia que decisões importantes são tomadas. Sendo que todas as questões são colocadas para a votação e, assim, os consorciados ativos podem deliberar sobre elas.

Quem participa das assembleias do consórcio?

Todos os consorciados ativos, ou seja, aqueles com as mensalidades quitadas em dia, podem participar da assembleia e exercer seu direito a voto.

O número de votos de cada participante está condicionado ao número de cotas que ele tem proporcionalmente. Quem tiver mais de uma cota, tem direito a mais de um voto.

Tipos de assembleia de um consórcio: ordinárias e extraordinárias

Existem dois tipos de assembleias dentro de um consórcio: as ordinárias e as extraordinárias.

Entenda agora o objetivo de cada uma delas:

Assembleia Geral Ordinária

A Assembleia Geral Ordinária é realizada em dia, hora e local previamente marcados pela administradora do consórcio.

Neste encontro, os consorciados podem ter acesso:

  • À prestação de contas do grupo;
  • Aos valores dos lances previamente apresentados pelos participantes;
  • Ao sorteio para a contemplação das cotas: neste quesito, a dinâmica fica a critério da administradora. Algumas empresas realizam os sorteios com seus próprios globos giratórios, já outras utilizam os resultados da extração da loteria federal.

Assembleia Geral Extraordinária

Trata-se de evento realizado sempre que algum assunto de interesse do grupo precise ser submetido à votação de forma extraordinária, ou seja, sem programação prévia.

Essas reuniões podem ser convocadas tanto pela administradora do grupo, como pelos próprios consorciados.

Alguns assuntos que podem ser discutidos em uma assembleia extraordinária são:

  • Prorrogação do prazo do grupo;
  • Substituição do bem referenciado no contrato.

Diante da necessidade de convocação de uma assembleia extraordinária, a administradora deve informar todos os participantes do grupo com, no mínimo, oito dias úteis de antecedência.

O consorciado ativo e apto a participar das votações que não puder comparecer pode nomear um representante ou enviar seu voto por meio de uma correspondência ou e-mail.

O que acontece com quem não participa da assembleia do consórcio?

Se você participa de um consórcio, é importante que compareça ou assista às Assembleias Gerais Ordinária. Isso porque é durante esses encontros que acontecem os sorteios de contemplação.

Além disso, todos os assuntos importantes sobre o andamento do grupo são apresentados durante o evento.

Porém, caso não possa acompanhar as assembleias, você irá receber alguma comunicação por parte da administradora para ser informado sobre os temas discutidos. E, claro, você será informado também caso seja contemplado.

Participe das assembleias do consórcio!

As assembleias fazem parte da rotina de todos os consórcios. Afinal, nelas são definidos pontos essenciais para a boa condução do negócio.

Se você faz parte de um grupo, é importante conhecer o seu funcionamento, acompanhar os sorteios e a oferta de lances.

Isso garante que você esteja sempre bem informado sobre tudo o que acontece e possa aproveitar boas oportunidades que surgirem.

Compartilhe:

“Eu tinha um consórcio que estava parado há muito tempo e eu precisava de dinheiro para a reforma da casa.